PANORAMAS EM SAÚDE GLOBAL

Cada vez é mais evidente o aumento da interdependência e interconectividade mundial, de modo que ações domésticas isoladas não são suficientes para assegurar melhor saúde para as populações. Os crescentes riscos que a saúde pública tem além das fronteiras nacionais parecem exigir, cada vez mais, ações coletivas a nível global.
Também é evidente que a melhoria da saúde das populações mais pobres não poderá ser alcançada sem que ocorram mudanças fundamentais na forma em que as organizações e os governos trabalham e operam. Isto torna necessário compartilhar agendas, desenvolver novas parcerias e mecanismos de financiamento. Significa também que é necessário pensar em novas maneiras de enfrentar os atuais e futuros desafios da saúde a nível internacional.

Nesta disciplina, vinculada às três áreas de concentração do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva do IMS-UERJ e ao Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Alimentação do INU-UERJ, são apresentados e debatidos temas relacionados à saúde populacional e a intervenções a ela dirigidas, cujos determinantes e consequências extrapolam fronteiras nacionais, tais como mudanças climáticas e poluição ambiental; a pandemia de obesidade; saúde mental global; perspectivas críticas sobre a globalização e seus efeitos sobre a saúde; gênero e saúde; a crise global dos recursos humanos em saúde; sistemas comparados de saúde; desafios relacionados a inovação tecnológica. O próprio campo de saúde global também é objeto de reflexão.

O curso tem a duração de 30 horas, 5as feiras 10:00-12:00, com palestras, mesa-redondas e debates.

Para participar via webconferência, envie email para: centrobrasildesaudeglobal@gmail.com